no Uruguai – dia 2

Padrão

Quem pensa que depois da tanta comilança no primeiro dia resolvemos maneirar está enganado. Acho até que comemos mais.


Apesar do frio, fazia um dia lindo de sol. Fomos conhecer à Bodega Bouza, uma das 15 vinícolas da região. Ela fica bem perto do centro da cidade, apenas 15 minutos de táxi. Depois de um tour guiado com a Natalia Ferres (que é muito fofa) pelas plantações de uvas tannat e pelo local onde são produzidos e armazenados os vinhos, almoçamos com degustação de vinhos “parcela única”, nome dado à categoria de vinhos premium de lá. Foram quatro opções durante toda a refeição: Bouza Chardonnay 2011, Merlot B9 2010, Tannat, Merlot e Tempranillo 2010 e Tannat A6 2010. Recomendo!

Para acompanhar, escolhemos começar com uma sopa de legumes que mais parecia uma água com sabor de caldo pronto, só era bonita. E quando vieram os pratos principais, percebi que mais uma vez errei. O bacalhau que eu havia escolhido estava em falta e no lugar, trouxeram outro peixe. Até que estava gostoso, mas perdeu feio comparado ao prato do meu marido: Bouza Baby Beef. Que delícia de carne e ainda veio acompanhada de uma batata bem saborosa.

Sopas de legumes

Bouza Baby Beef e Peixe

Se depois do almoço bater aquela preguiça, é possível passar mais algumas horas relaxando em uma espreguiçadeira no gramado do “quintal” do restaurante que tem uma vista linda! Ah e não se esqueça de fazer reserva antes de aparecer por lá. É fundamental! Para conhecer outras vinícolas do Uruguai, veja em www.loscaminosdelvino.com.uy.

Já era final da tarde quando saímos da vinícola rumo à Cidade Velha. Lá passamos pelo Café Brasileiro, indicação do blog Viaje na viagem. O ambiente é bem pequeno e tem um estilo antigo, famoso por reunir intelectuais da cidade, mas nada de tão diferente para valer uma visita. Experimentamos um café jamaicana (fooorrte) e uma torta de maçã com um caramelo duro em cima.

Café jamaicano e torta de maça

Nesta altura do dia, não conseguíamos comer mais nada, mas ainda demos uma passadinha no Baar Fun Fun (leia-se fun fun mesmo, não é uma palavra inglesa) que existe desde 1895 (isso mesmo o bar tem 117 anos). Ele fica em um prédio bem velho abaixo do Teatro Solis e da Praça da Independência. Confesso que dá um pouco de medo da região, mas vale a pena pela experiência no mínimo inusitada. Bastante frequentado por brasileiros atraídos pelos shows de tango uruguaio e o batuque candombe na madrugada, o bar tem uma decoração bem poluída, mas bacana e um cardápio engraçado.

Baar Fun Fun

Dá uma olhada abaixo na porção Julio Sosa que pedimos. Tinha rolinho primavera, nuggets, batatas fritas, salgadinhos (tipo Troféu) e queijo. E olha que tinham outras opções bem mais estranhas que incluíam ravióli e misto quente junto com esses mesmos itens. Vi na mesa ao lado uma pizza quadrada que parecia bem gostosa.

Julio Sosa

Para beber a cerveja uruguaia Patrícia já bem conhecida por aqui, o refrigerante com gosto de soda e a tradicional uvita, bebida forte que deu fama ao bar e só encontrada lá. Eu nem consegui beber até o fim, isso porque era apenas uma dose. Os garçons são bem atenciosos, mas demoram para atender devido à bagunça de gente. Se quiser garantir um lugar, tem que reservar.

Patrícia, Paso de los toros, uvita

O que gostei: Da experiência na Bodega Bouza, vinhos e carne
O que não gostei: Uvita e porções oleosas do Baar Fun Fun

Bouza Bodega Boutique – Cno. de la Redención 7658 bis – Montedevideo //Reservas: (598) 2323 7491 (vinícola) (598) 2323 4030 (restaurante) ou bouza@bodegabouza.com e visitas@bodegabouza.com // Aberto de 2ª a domingo. Horário de inverno – 9h às 18h; horário de verão – 9h às 19h //Visitas guiadas: 11h, 13h e 16h Preço: R$ 55 por pessoa para degustação de 4 taças vinhos parcela única e média de R$ 65 (almoço por pessoa)

Café Brasileiro – Rua Ituzaingó, 1447, esquina com rua 25 de Mayo // Telefone: (598) 2915 8120 //Abre de segunda a sexta até 20h. Fecha no fim de semana // Não há necessidade de reserva // Preço: Normal, cerca de R$ 8 por um café diferente

Baar Fun Fun – Ciudadela 1229, Montevideo // Reservas: (598) 2915 8005 ou info@baarfunfun.com //Abre após às 20h  //Preço: justo


Anúncios

»

  1. Lu, seus posts estão uma delícia, mas vou ter que dar razão pro Mineiro: você pede um prato e sempre fica de olho no dele, mulher?! E o que menos me atraiu no post foi a porção de frituras também. Mas confesso que fiquei com vontade de provar a sopa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s