no Uruguai – dia 3

Padrão

Depois de dois dias comendo intensamente, resolvemos ser “mais saudáveis” comendo frutos do mar em um tour por Punta del Este, cerca de duas horas de Montevideo.


O restaurante Napoleon, de frente para o Porto, era um dos poucos abertos. É que no inverno, a cidade de veraneio fica praticamente vazia. Além do salão principal, o restaurante possui mesas na área externa para apreciar melhor a paisagem, bem propícia para um dia de sol e uma cervejinha uruguaia.

Começamos com uma porção de camarões ao alho. Me dá água na boca só de lembrar.

Camarões ao alho

Para o prato principal, decidimos provar a Brótola Paupiette, um peixe local de água salgada recheado com camarão, queijo defumado, alho poró e coentro, que vinha com uma guarnição de legumes. Estava gostoso, mas achei o peixe um pouco sem personalidade. Ele parecia mais uma massa de panqueca. Quero provar um sem muito molho da próxima vez. Quem sabem sinto mais o sabor.

Brótola Paupiette

Como estávamos do outro lado da calçada, o atendimento demorava um pouco mais, mas fomos super bem atendidos. Só o preço dos que era um pouco salgado, mas já era de se esperar. Tudo é mais caro em Punta.

De volta a Montevideo, queria experimentar mais algumas comidas típicas, mas era a última noite. Provei o pancho, nada mais que um hot dog com salsinha bem fininha e sem molho, em uma barraca de rua na frente do Shopping Montevideo. Aliás, aqui em São Paulo nunca encontrei um cachorro quente com molho. Em Ribeirão Preto, sempre tem  e é bem melhor.

Pancho

Como era minha última chance de ter uma refeição na viagem, fomos jantar próximo ao hotel para experimentar o famoso Chivito, basicamente um X-Tudo com batatas fritas. Chegamos a sentar no Bar Tranquilo, indicado em vários guias, mas esperamos uns 15 minutos e não fomos atendidos. Além disso, percebemos que não aceitava cartão. Então descemos mais duas quadras e fomos ao Rocco Bar, uma ótima opção. O atendimento foi impecável e nos deram muita atenção. Até música brasileira colocaram.

Antes de chegar nosso sanduíche, nos trouxeram como cortesia essas entradinhas deliciosas que até pedimos mais.

Entradinhas

Chivito

O lanche estava no ponto, mas os encontrados aqui no Brasil não perdem em nada. Tudo muito parecido.

O que mais gostei: Camarão ao alho de frente ao Porto de Punta, atendimento no Rocco Bar

O que menos gostei: Das batatas oleosas que acompanharam o chivito

Em tempo, esse post encerra as dicas de comidas no Uruguai. Quem quiser mais dicas de onde comer por lá, vale acessar o site www.saliracomer.com/ 

Napoleon – Rambla Artigas entre calle 10 y 12, Punta del Este, Uruguai //Reservas: (598) 4244 4043 ou info@napoleon.com.uy  //Aberto o ano todo, mas verificar horários //Preço: Média de R$ 55 o prato principal

Rocco bar –  Rua 21 de setiembre, 3098, esquina com F. Vidal, Pocitos, Montevideo, Uruguai //Reservas: (598) 2710 7007 ou roccobar21@gmail.com  //Funcionamento:  Todos os dias das 11h às 2h //Preço: Justo – cerca de R$ 10 – sanduíche

Anúncios

»

  1. Pingback: Frutos do mar de boteco « Comidas já comidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s